O doloroso "até logo"

July 27, 2018

 

 

Ahhh a hora da despedida... Nunca estamos de fato prontos para nos despedirmos das pessoas que mais amamos.

 

Quando deixamos nosso país, além de outras renúncias, abrimos mão de conviver com nossas famílias, com amigos queridos. Não importa quanto tempo este afastamento vai durar e nem quantas vezes vamos nos encontrar novamente, o “até breve” é sempre doloroso.

 

Mas a vida é feita de escolhas, precisamos usar um pouco do nosso “egoísmo” e saber que teremos que abrir mão de algumas coisas e de estar perto de algumas pessoas para ir atrás dos nossos sonhos.

 

Alguns ciclos se fecham para novos ciclos se abrirem. Algumas pessoas deixarão sim de fazer parte da sua vida, mas pense que este é um grande passo para um outro tipo de amadurecimento.

 

Não importa sua idade, o momento de nos afastarmos de quem amamos sempre gera angustia, mas ao mesmo tempo nos obriga a construir um novo mundo, um novo ciclo de amizades, uma nova “família” para nos apoiar nos momentos difíceis e estar conosco nos momentos de alegrias.

 

Aproveite as oportunidades que a vida te dá. Relacionamentos de longa data não se perdem com a distância, mesmo gerando uma saudade enorme. Se abrir para o novo não tem relação com esquecer o que ficou pra trás.

 

Não se isole! A adaptação fica muito mais fácil quando temos com quem contar. ;)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Depressão: Uma doença democrática e incapacitante

March 15, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes

September 27, 2018

July 10, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square