Sobre morar fora...

July 10, 2018

 

Todos nós que moramos fora do nosso país passamos por uma montanha-russa de emoções. 


Os momentos bons e as felizes descobertas desse novo mundo muitas vezes conflitam com o vazio, a saudade e com todas as dificuldades da adaptação com uma nova cultura. 


De fato pode ser bem complicado no inicio, para uns mais e para outros menos, mas a tendência é de que as coisas se ajeitem, que a gente aos poucos reconstrua nossa identidade e se adapte a esse novo momento e assim vamos ganhando nosso espaço no novo lar.


Nem todos sonham com esta mudança. Muitos acabam por se sujeitar a ela em função de um novo trabalho, de um amor ou de qualquer outro motivo que o faça fazer as malas e deixar para trás muitas de suas referências e a comodidade da zona de conforto.

E se não se adaptar?

Sempre se pode dar um passo para trás e isso não é vergonha pra ninguém. Decidir voltar não deve ser encarado como fraqueza. Aceite e aprena o que é bom e o que funciona para você.


Nenhuma experiência é igual para todos. Cada um encontra a felicidade dentro do seu entendimento. A experiência sempre fará parte da história da sua vida e sempre há chance de uma nova reconstrução.
Por isso vá sem medo, enfrente a oportunidade de perto aberto.

Adaptação e mudança nunca são simples. Imagine esta nova fase como um jogo de tabuleiro e tente se divertir. Se as coisas não correrem conforme suas expectativas, se houver alguma dificuldade muito grande que te impeça de seguir em frente, “volte algumas casas” e aguarde sua vez de jogar. Esse é o jogo da sua vida e as peças e as regras são suas. Nunca esqueça disso!  

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Depressão: Uma doença democrática e incapacitante

March 15, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes

September 27, 2018

July 10, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square